Christian Ponder nomeou um dos maiores bustos do draft 2011

Selecionado na primeira rodada do draft 2011 da NFL, o antigo quarterback do Minnesota Vikings nunca foi capaz de satisfazer suas altas expectativas.

Depois de Brett Favre se aposentar oficialmente da NFL para sempre após a temporada de 2010, os Vikings do Minnesota precisavam encontrar um novo quarterback para construir sua ofensiva.

Os Vikings acabaram trocando pelo veterano Donovan McNabb e então selecionando o quarterback do estado da Flórida, Christian Ponder, com sua primeira escolha no draft da NFL de 2011.

Minnesota rapidamente percebeu que o tempo de McNabb na liga tinha acabado logo após ele entrar em campo e o time teve que usar o Ponder como titular por mais da metade de sua temporada de estreantes. Ele teve alguns momentos promissores, mas ele praticamente desempenhou como um quarterback novato normalmente faz durante seu primeiro ano na NFL.

Ponder só passou mais três temporadas com os Vikings, já que ele nunca foi capaz de evoluir para o sinal de chamada de franquia que a equipe esperava que ele se tornasse quando eles o convocassem com uma pick-round.

Minnesota escolhendo o antigo quarterback do estado da Flórida é considerado um dos maiores erros de draft da franquia de sempre. Além disso, a seleção de Ponder dos Vikings foi recentemente incluída em uma lista dos maiores bustos de todo o draft da NFL de 2011.

O Draft Network de Jordan Reid listou recentemente quatro jogadores que ele considera ser o maior draft de bustos de 2011 e Ponder estava entre os selecionados.

“Uma equipe que estava desesperadamente procurando por uma resposta de longo prazo sob o centro fez um enorme alcance no que muitos consideravam ser um prospecto de segunda rodada. Seu desempenho como MVP no Reese’s Senior Bowl foi o que mais atraiu a franquia antes de selecionar o antigo Seminole QB.

Ponder teve sua parcela de momentos de destaque durante seu tempo em Purple, mas acabou durando apenas quatro temporadas nas Twin Cities”

Reid parece acreditar que os Vikings foram mais culpados pela carreira decepcionante de Ponder, devido ao fato de eles o terem elaborado tão cedo quanto eles o fizeram. Alguns consideraram que o quarterback do estado da Flórida valeu a pena ser escolhido na segunda ou terceira rodada em 2011, então Minnesota agarrá-lo no início da primeira rodada foi uma pequena surpresa.

Mas os Vikings sentiram que precisavam de adicionar um novo sinal de chamada com a sua primeira selecção em 2011 e, obviamente, sentiram que o Ponder era o melhor passe que restava no tabuleiro.

Ainda disponível quando era a vez do Minnesota escolher na primeira ronda naquele ano, estavam tipos como Andy Dalton, Colin Kaepernick, e Tyrod Taylor. Os Vikings também passaram um punhado de talentosos não quarterbacks em 2011 com sua seleção da primeira fase, incluindo Mike Pouncey, Cameron Jordan, Robert Quinn, Nate Solder e Cameron Heyward.

Então, com base em como a carreira de Ponder acabou com o Minnesota e como alguns dos caras que foram convocados depois dele ainda estão jogando na liga, é bastante justo chamar o ex quarterback de um dos maiores quarterbacks de 2011.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.